Atendimento: (61) 3443-4444 / (61) 3443-6363 / (61) 3541-4443

Sua filha menstruou? Saiba como ajudá-la

Como eu devo ajudar a minha filha?

A primeira menstruação é um assunto bastante delicado para as meninas, tanto pelo sentimento de “constrangimento” quanto pelo “peso” que o evento significa. Sendo assim, é importante: 

Agir naturalmente 

É importante que o assunto sobre menstruação não seja visto como um tabu e isso vem muito da forma de como a família encara previamente o assunto. Tratar o acontecimento com embaraço ou de maneira excessivamente feliz e empolgante pode fazer com que sua filha fique envergonhada e se retraia. Não precisa ir ao banheiro junto, deixa ela no tempo dela. 

Orientar 

Nada melhor e mais eficiente do que apoiar a sua filha orientando-a sobre a menstruação, como funciona e vai  acontecer esse período do mês. Inclusive, você mãe, pode contar a própria experiência.

É importante explicar como os cuidados de higiene pessoal e o uso do absorvente, orientar a sua filha a perceber a quantidade e o volume de sangramento, e se tem o aparecimento de cólicas ou não.  

Esse é o momento ideal para a primeira consulta com a ginecologista!

Nessa primeira consulta se inicia um relacionamento de confiança com a médica  estabelecendo um caminho para informação de qualidade sobre a saúde da adolescente.

Respeitar os limites

Saber respeitar os limites e a privacidade, é necessário tanto no momento de orientá-la quanto na maneira em como se reage. Pergunte se ela se sente confortável com outras pessoas sabendo do ocorrido antes de contar a novidade por aí.

Pode ser que sua filha fique triste e desanimada, pode ser que sinta medo e insegurança, mas também pode ser que ela fique bastante entusiasmada em ter menstruado pela primeira vez. Não existe uma regra, mas o importante é saber conversar e mostrar disposição e abertura para acolhê-la.

É preciso criar uma rede de conversa que forneça confiança e segurança para a filha desde cedo. Podemos dizer que este é o grande segredo. 

E a sua experiência, como foi? Teve espaços de conversa antes da sua primeira menstruação? Conta para gente!