Atendimento: (61) 3443-4444 / (61) 3443-6363 / (61) 3541-4443

Estou com vulvovaginite, e agora?

 

O tratamento da vulvovaginite varia muito de acordo com a causa, o tratamento é recomendado pelo médico especialista em ginecologia de acordo com o tipo de inflamação e infecção, já que pode ser causada por bactérias, fungos ou vírus, pode ser indicado o remédio oral e /ou a pomada mais adequada para o combate do microrganismo e alívio dos sintomas.Quando os sintomas de vulvovaginite são recorrentes, é importante consultar para que possa ser indicado o tratamento mais adequado. 

 

*Remédios: A maioria dos casos de vulvovaginite é causada por bactérias, sendo indicado nesses casos o uso de antibióticos por via oral. No caso da vulvovaginite causada por fungos, o médico pode indicar o uso de antifúngicos por via oral, enquanto que nos casos em que a inflamação é causada por vírus pode ser recomendado os antivirais. Em alguns casos  é indicado também o tratamento concomitante  do companheiro.

*Pomadas: As pomadas com propriedades antimicrobianas e antissépticas podem ser indicadas em todos os casos de vulvovaginite, sendo indicado que sejam aplicadas no local da inflamação, ou seja diretamente na vagina ou na vulva. No caso da vulvovaginite por bactérias, é normalmente indicado o uso de pomadas com antibióticos.

Esses remédios devem ser usados de acordo com a orientação do ginecologista, mesmo que não existam mais sintomas, pois assim é possível garantir a eliminação do agente infeccioso responsável e evitar recidivas.

 

*Tratamentos caseiros: Esses tratamentos são complementares ao tratamento recomendado pelo médico, é importante manter a higiene íntima, suspender certos hábitos como a utilização de duchas higiênicas, cremes ou produto que possa irritar a região genital, absorventes íntimos diários, uso de calcinhas de tecido sintético, além de ser recomendado usar roupas com tecidos mais naturais e  deixem a região genital ventilada com  uso de roupa íntima do tamanho correto e de algodão.

 

Recomenda-se ainda, evitar o uso de sabonetes perfumados e cremes no local, porque podem piorar o quadro de irritação da vulvovaginite.