Atendimento: (61) 3443-4444 / (61) 3443-6363 / (61) 3541-4443

Estética íntima, chega de tabu!

Muitas vezes a adolescente apresenta assimetria ou crescimento exagerado dos pequenos lábios, ou do prepúcio do clitóris o que causa constrangimento e sofrimento psicológico. A consulta com a ginecologista é fundamental para avaliação da genitália e propor o tratamento se necessário no momento mais adequado.

Assim como nas demais partes do corpo, na região vaginal também ocorrem desgastes naturais e inevitáveis, alterações estéticas genitais podem manifestar-se na maturidade. Somados a isso, outros fatores também afetam a estética íntima, por exemplo, gravidez, obesidade e alterações hormonais.

Como é de se saber, a partir dos 30 anos há uma queda considerável na produção de colágeno em todo o corpo, o que faz surgirem rugas e linhas de expressão no rosto, por exemplo. Essas fibras também estão presentes na região íntima e sua queda, causada pelo envelhecimento, faz com que ocorra a perda de elasticidade dos grandes e pequenos lábios e flacidez.

Além dessa questão estética, também ocorrem disfunções hormonais e outras alterações internamente na área íntima, causando incômodos durante a relação sexual e incontinência urinária, por exemplo. Esses são problemas que até pouco tempo atrás não tinham muita solução, já que falar abertamente desses desconfortos era um tabu. Mas agora as mulheres podem se animar, pois além deste ser um assunto que já está sendo mais abordado, a tecnologia vem trabalhando a favor delas e o mercado de estética íntima ganhou novas alternativas que vieram para amenizar os sinais e desconfortos causados pelo envelhecimento da região íntima.

A mulher moderna busca estar bem consigo mesma acima de tudo, e optar por tratamentos íntimos vai muito além das questões estéticas. Trata-se de um resgate do seu bem-estar, sexualidade e qualidade de vida.
O laser é utilizado para estimular a produção de colágeno e ácido hialurônico na mucosa vaginal, aumentando a circulação sanguínea e fortalecendo a região. Além de restabelecer a firmeza e elasticidade dos tecidos dessa área.

O laser íntimo é indicado para:

    • Correção dos pequenos ou grandes lábios
    • Melhora do tônus vaginal;
    • Melhora da lubrificação;
    • Desconforto sexual;
    • Clareamento;
    • Frouxidão ou atrofia vaginal;
    • Dispareunia.

Gostou do artigo? Tem interesse em saber mais? Entre em contato e não deixe de acompanhar meu blog.