PRIMEIRA VISITA AO GINECOLOGITA

>, Não categorizado>PRIMEIRA VISITA AO GINECOLOGITA

PRIMEIRA VISITA AO GINECOLOGITA

Passou-se o tempo em que discutir e esclarecer dúvidas relacionadas à saúde íntima e sexual da mulher era tabu, certo? Errado. Infelizmente, em pleno século XXI, ainda é intenso o preconceito e restrições quando o assunto é este. Por mais que a mídia intensifique esta concepção de eliminar barreiras quanto ao assunto, sejam por temas abordados em novelas, programas de TV, celebridades que relatam suas próprias experiências, ainda assim, existe pudor.

Quanto mais cedo orientarmos nossas filhas e a incentivarmos a procurarem uma ginecologista, poderemos cessar alguns problemas dos mais comuns aos mais complexos. É importante destacarmos que muitas questões possam ser sanadas por simples esclarecimentos, muitas vezes, realizadas pela própria família, mas a consulta com a médica especialista é crucial para detectar qualquer anormalidade.

Engana-se quem pensa que a insegurança ao ir a um especialista seja intrínseca apenas a jovens ou adolescentes. Muitas doenças em estágios avançados poderiam ser evitadas se as mulheres adultas também seguissem esta lógica. Quanto mais precocemente os sinais de que há algo errado forem descobertos, em grande parte das vezes é possível a cura total da paciente. Apesar de não estar relatando nenhuma novidade, nunca é demais reforçar esta campanha.

Não seja negligente com sua saúde e nem com a saúde de sua filha ou da sua mãe. Compareça a consultas com médicas ginecológicas pelo menos a cada ano e realize exames periodicamente. Se a fase é de gestação intensifique estas visitas à especialista e evite preocupações e transtornos. Viva bem!

2018-07-11T20:32:23+00:00